terça-feira, 22 de maio de 2018

I SIMULADÃO 2018 – DESCLASSIFICAÇÕES


05 cartões foram desclassificados por falta de assinatura do aluno;

01 cartão foi desclassificado por ter 20 bolinhas pintadas de forma “fraca” (talvez por falha da caneta). Neste caso sempre indicamos que o aluno leve DUAS canetas, para eventuais falhas;


01 cartão foi desclassificado por ter a assinatura do aluno BORRADA.

GABARITO DO I SIMULADÃO 2018


Clique na imagem para ampliar.

ALUNOS COM VENCIMENTO NO PRÓXIMO SÁBADO 26/05/18


Ana Clara Palhano Barrios da Cunha
Flávia Mariana Moreira
Gabriel Henrique Souza Silva
Grazielly Campos de Moraes *
Iasmim Gabrielly Campos de *
Isis Damasceno Lé
Jaqueline Coimbra Lemos de *
João Guilherme da Silva França
João Victor Scherbach Evangelista
Kamilly Miranda de Lima
Karina Beatriz da Silva Nascimento
Kimberlyn Vitória de Oliveira Soares
Larissa Clara Sabino Ferreira
Mariana Abreu Araújo
Pedro Henrique Lopes da Silva





segunda-feira, 21 de maio de 2018

QUE ORGULHO!


Minhas ex-eternas alunas Maria Angélica Silva de Oliveira, Kamyla Sayure Maruyama Inoue e Julia Caroline Crespilho Rodrigues, agora em seu 1º ano em Secretariado.

Fico muito feliz por seu sucesso meninas. Vocês me enchem de orgulho.

Deus as abençoe!
❤❤❤❤❤❤❤



TAREFA DE MATEMÁTICA PARA 26/05/18 – VALE 5,0%


Olá meu queridos, vamos para mais uma tarefa?
Bom primeiro, quero que leiam as REGRAS DE TAREFA(
http://cursopreparatorioparacefetmt.blogspot.com.br/2016/02/regras-de-tarefa-do-curso-para-novos.html) para realizarem-na de forma correta e não deixar que sejam desclassificadas. Isso porque alguns alunos estão insistindo em realizar as tarefas de forma incorreta.



01) Uma escola aplicou um simulado na semana passada. Os professores calcularam a nota final de uma prova de 30 questões da seguinte maneira: a cada questão certa, o aluno ganhava 4 pontos; e a cada errada, o aluno perdia 1 ponto. Um aluno respondeu a todas as questões e obteve 60 pontos. Quantas questões ele acertou?
a) 15 questões.
b) 18 questões.
c) 19 questões.
d) 20 questões.
e) 24 questões.

02) IMC é a sigla para Índice de Massa Corporal que serve para avaliar o peso do indivíduo em relação à sua altura e assim indicar se está dentro do peso ideal, acima ou abaixo do peso desejado. O cálculo do IMC deve ser feito usando a seguinte fórmula matemática: Peso ÷ altura x altura.


D. Sandra possui um “peso” de 82,1 kg e altura 1,7 m. Qual seu IMC?
a) 18,2
b) 15,9
c) 20,1
d) 28,4
e) nra

03) Calcule a divisão a seguir e marque a alternativa que contenha seu resultado correto:


a) √2
b) 4√2
c) 4√5
d) - √2
e) nra

04) Calcule a expressão a seguir e marque a alternativa que contenha seu resultado correto:


a) √2
b) 4√2
c) 4√5
d) - √2
e) nra

05) Calcule a expressão a seguir e marque a alternativa que contenha seu resultado correto:


a) √2
b) 4√2
c) 4√5
d) - √2
e) nra

06) O trabalho voluntário é uma oportunidade para fazer amigos, viver novas experiências, conhecer outras realidades, desenvolver talentos e habilidades, ser solidário e cidadão. Uma contribuição para a construção de um mundo melhor. Você também pode fazer essa escolha. O Brasil tem 100 mil abrigados e cerca de 2/5 são crianças e adolescentes atualmente vivendo em abrigos. É o que revela o Cadastro Nacional de Crianças e adolescentes Acolhidos (CNCA), mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Qual é o número de crianças e adolescentes abrigados?


a) 50 mil
b) 60 mil
c) 25 mil
d) 35 mil
e) 40 mil







TAREFA DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA 26/05/18 – VALE 5,0%

Olá meu queridos, vamos para mais uma tarefa?
Bom primeiro, quero que leiam as REGRAS DE TAREFA(
http://cursopreparatorioparacefetmt.blogspot.com.br/2016/02/regras-de-tarefa-do-curso-para-novos.html) para realizarem-na de forma correta e não deixar que sejam desclassificadas. Isso porque alguns alunos estão insistindo em realizar as tarefas de forma incorreta.




TEXTO 01

O escorpião e a rã

Parado ao sol, o escorpião olhava ao redor da montanha onde morava. "Positivamente, tenho de me mudar daqui" - pensou.
Esperou a madrugada chegar, lançou-se por caminhos empoeirados até atingir a floresta. Escalou rochedos, cruzou bosques e, finalmente, chegou às margens do rio largo e caudaloso.
"Que imensidão de águas! A outra margem parece tão convidativa... Se eu soubesse nadar..."
Subiu longo trecho da margem, desceu novamente, olhou para trás. Aquele rio certamente não teria medo de escorpião. A travessia era impossível.
"Não vai dar. Tenho de reconsiderar minha decisão" - lamentou.
Estava quase desistindo quando viu a rã sobre a relva, bem próxima à correnteza. Os olhos do escorpião brilharam:
"Ora, ora... Acho que encontrei a solução!" - pensou rápido.
- Olá, rãzinha! Me diga uma coisa: você é capaz de atravessar este rio?
- Ih, já fiz essa travessia muitas vezes até a outra margem. Mas por que você pergunta? - disse a rã, desconfiada.
- Ah, deve ser tão agradável do outro lado - disse - pena eu não saber nadar.
A rã já estava com os olhos arregalados:
"será que ele vai me pedir...?"
- Se eu pedisse um favor, você me faria? - disse o escorpião mansamente.
- Que favor? - murmurou a rã.
- Bem - o tom da voz era mais brando ainda - bem, você me carregaria nas costas até a outra margem?
A rã hesitou:
- Como é que eu vou ter certeza de que você não vai me matar?
- Ora, não tenha medo. Evidentemente, se eu matar você, também morrerei - argumentou o escorpião.
- Mas... e se quando estivermos saindo daqui você me matar e pular de volta para a margem?
- Nesse caso eu não cruzaria o rio nem atingiria meu destino - replicou o escorpião.
- E como vou saber se você não vai me matar quando atingirmos a outra margem? - perguntou a rã.
- Ora, ora... quando chegarmos ao outro lado eu estarei tão agradecido pela sua ajuda que não vou pagar essa gentileza com a morte.
Os argumentos do escorpião eram muito lógicos. A rã ponderou, ponderou e, afinal, convenceu-se. O escorpião acomodou-se nas costas macias da agora companheira de viagem e começaram a travessia. A rã nadava suavemente e o escorpião quase chegou a cochilar. Perdeu-se em pensamentos e planos futuros, olhando a extensão enorme do rio.
De repente se deu conta de que estava dependendo de alguém, de que ficaria devendo um favor para a rãzinha.
Reagiu, ergueu o ferrão.
"Antes a morte que tal sorte" - pensou.
A rã sentiu uma violenta dor nas costas e, com o rabo do olho, viu o escorpião recolher o ferrão.
Um torpor cada vez mais acentuado começava a invadir-lhe o corpo.
- Seu tolo - gritou a rã - agora nós dois vamos morrer! Por que fez isso?
O escorpião deu uma risadinha sarcástica e sacudiu o corpo.
- Desculpe, mas eu não pude evitar. Essa é a minha natureza.



(Fábula atribuída a Esopo)

01) “...disse o escorpião mansamente.” Essa atitude do escorpião revela:
a) esperança, uma vez que todos os seres podem sobrepujar seus instintos
b) hipocrisia, pois o escorpião não é de natureza mansa
c) concordância, uma vez que os animais concordam quando lhe interessam.
d) uma falta de fantasia
e) nra

02) Sobre o texto é correto afirmar que:
a) o escorpião convenceu a rã de que não poderia picá-la, pois se ela morresse ele afogaria, visto que estava sobre ela.
b) Vaidade e orgulho são sentimentos que tomaram o escorpião, quando decidiu dar na rã a ferroada fatal.
c) a última frase do texto mostra que, para o escorpião, mais importante que continuar vivo era manter sua imagem de altruísta e valente.
d) na fábula, o rabo do escorpião assume um papel de poder da rã.
e) Os dois sentimentos humanos representados nesta fábula são a gratidão e o companheirismo.

03) Relendo as falas do escorpião, a frase mais difícil de ser dita por ele com certeza foi...
a) - Se eu pedisse um favor, você me faria?
b) - Como é que eu vou ter certeza de que você não vai me matar?
c) - Ora, não tenha medo.
d) - Mas... e se quando estivermos saindo daqui você me matar e pular de volta para a margem?
e) - E como vou saber se você não vai me matar quando atingirmos a outra margem? - perguntou a rã


TEXTO 02

O Pequeno Rei Vira-lata 

Todas as tardes, lá estava ele. Longe dos outros, o garoto se sentava na sombra do arvoredo, com as costas contra o tronco de uma das árvores e a cabeça inclinada. Os dedos de sua mão direita dançavam debaixo de seu queixo, dançavam sem parar como se ele estivesse coçando o peito com uma incontida alegria, e ao mesmo tempo sua mão esquerda, suspensa no ar, se abria e fechava em pulsações rápidas. Os outros tinham aceito, sem perguntas, o hábito.
O cão se sentava, sobre as patas de trás, ao seu lado. E ali ficavam até a chegada da noite. O cão paralisava as orelhas e o garoto, com a testa franzida atrás da cortina de cabelos sem cor, dava liberdade aos seus dedos para que se movessem no ar. Os dedos estavam livres e vivos, vibrando na altura de seu peito, e das pontas dos dedos nasciam o rumor do vento entre os galhos dos eucaliptos e o repicar da chuva nos telhados, nasciam as vozes das lavadeiras no rio e o bater das asas dos passarinhos que voavam, ao meio-dia, com os bicos abertos pela sede. Às vezes, dos dedos brotava, de puro entusiasmo, um galope de cavalos; os cavalos vinham galopando pela terra, o ruído dos cascos sobre as colinas, e os dedos se enlouqueciam na celebração. O ar cheirava a miosótis e ervilha-de-cheiro.
Um dia, os outros deram-lhe de presente um violão. O garoto acariciou a madeira da caixa, lustrosa e boa de tocar, e as seis cordas ao longo do diapasão. E ele pensou: que sorte. Pensou: agora, tenho dois.




*Conto retirado de Vagamundo - Eduardo Galeano.

04) Sobre o texto, não podemos afirmar que:
a) o narrador dá destaque a uma oposição entre as orelhas do cão e os dedos do menino.
b) Enquanto os dedos do menino se movimentavam livres, as orelhas do cão ficavam paralisadas.
c) apesar de aparecer apenas no último parágrafo do texto, a palavra violão, já é percebida pelo leitor , como instrumento imaginário do menino no primeiro parágrafo.
d) o texto não informa, mas podemos saber que esse garoto era canhoto.
e) nra

05) Leia:

“...bater das asas dos passarinhos que voavam, ao meio-dia, com os bicos abertos pela sede.”

Que razão terá levado o escritor a empregar estes termos destacados acima?
a) eles reforçam a ideia de que os pássaros estavam com sede, pois localiza o fato no momento, teoricamente, mais quente do dia.
b) estes termos determinam tempo e lugar, uma vez que sentir sede depende apenas da localização e do horário do dia.
c) eles servem para determinar uma linha temporal no texto.
d) servem para justificar a abertura dos bicos dos passarinhos, que costumam faze-la neste horário.
e) nra

06) Em qual dos trechos abaixo fica mais intensa a mistura de fantasia e realidade?
a) Os outros tinham aceito, sem perguntas, o hábito.
b) O cão se sentava, sobre as patas de trás, ao seu lado.
c) Os dedos estavam livres e vivos, vibrando na altura de seu peito, e das pontas dos dedos nasciam o rumor do vento entre os galhos dos eucaliptos e o repicar da chuva nos telhados, ...
d) Às vezes, dos dedos brotava, de puro entusiasmo, um galope de cavalos; os cavalos vinham galopando pela terra, ...

e) Um dia, os outros deram-lhe de presente um violão.

domingo, 20 de maio de 2018

RESPOSTAS DAS ATIVIDADES EXTRAS APLICADAS DIA 19/05/18


ATIVIDADE EXTRA – A

01) 32

02) 48

ATIVIDADE EXTRA – B

01) 28


02) 49

I SIMULADÃO 2018


Estes são meus 150 pequenos guerreiros que, sacrificaram seu domingo de frio para realizar uma simulação de prova!

Parabéns meus amores...tenho certeza que seus esforços serão reconhecidos e o caminho para o sucesso começa a ser trilhado!


Continuem assim!

❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤



terça-feira, 15 de maio de 2018

ERRATA DO EDITAL – I SIMULADÃO


Onde se diz :

Item 2.2
Os portões do colégio serão abertos as 13:00h

O correto é

Os portões do colégio serão abertos as 13:30h

segunda-feira, 14 de maio de 2018

ALUNOS COM VENCIMENTO NO PRÓXIMO SÁBADO 19/05/18


Amanda Yuki Cabrera Koga *
Ana Beatriz Martinho de Souza *
Ana Flávia Saulina Marinho
Ana Paula Castro Lima
Ana Victoria Gretter Faria *
Anna Carolyne Paula de Carvalh
Anthonny Luiz da Silva Oliveira
Antoniele Luiza da Cruz Souza
Aysla Caroline Souza Silva
Cínthya Fernanda Esteves dos
Ecleia Louize de Moraes Torchi
Eros Almeida de Moraes
Felipe Fernandes Inacio de
Gabriel Kauã Antunes Leite
Gabriel Moreira Bordin
Gabriela Moreira Coimbra de Souza *
Gabrielli Moura Zitkoski *
Grazielly Campos de Moraes
Hérica Divina Honoro Marques
Iasmim Gabrielly Campos de
Isabelly Campos Castro *
Isadora Cristhine de Almeida
Jaqueline Coimbra Lemos de
Julia Mancinelli Machado
Kethelyn Leticia Oliveira de
Lorena Ferreira Vasconcelos
Mateus Alexandre Alves Pereira
Matheus Henrique do Nasciment
Vinicius Almeida de Magalhães
Vitória Verissima Silva Neves
Walmir Breno Lucena Reis
Yasmim Maria Guimaraes Lino de Souza *

RESULTADO DA PROMOÇÃO DO DIA DAS MÃES 2018


Foram as mães de nossos queridos Fabiane Thamirys, Vitor da Silva Ramos, Walmir Breno, Kamily Victoria Amorim e Lucas Arruda (este da turma Atalaia):

As senhoras Adeilde, Caroline, Fátima, Hozana e Lúcia!

Cada uma delas ganhou um originalíssimo relógio Feminino Mondaine !

Parabéns mamães pelo seu dia!

Que Deus ilumine todas as horas de sua vida!


Obrigado por estarem conosco!






UNIFORMES


RESPOSTAS DAS ATIVIDADES EXTRAS APLICADAS DIA 12/05/18


ATIVIDADE EXTRA – A

01) A

02) D

03) D

04) B


ATIVIDADE EXTRA – B

01) B

02) A

03) B


04) C

RESPOSTAS DA TAREFA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO BLOG ENTREGUE DIA 12/05/18


01) D

02) A

03) A

04) A

05) E

06) E


RESPOSTAS DA TAREFA DE MATEMÁTICA DO BLOG ENTREGUE DIA 12/05/18


 01) CANCELADA

02) A

03) E

04) A

05) B

06) A


sexta-feira, 11 de maio de 2018

QUE LEGAL!


Dia 05 tive o prazer de rever três alunos queridíssimos que vieram me visitar aqui no curso:

Eduardo (Agropecuária – São Vicente) e as irmãs Carolina e Gabriela (Química – Bela Vista).

Todos fizeram curso comigo e hoje estão onde sempre quiseram: na melhor escola de ensino médio de Mato Grosso.

Meus amores foi um prazer revê-los e espero que o sucesso seja algo constante em suas vidas!

Adoro vocês!

❤❤❤❤❤❤❤